Seguidores

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Lavar os alimentos remove todos os agrotóxicos?

As doenças transmissíveis por alimentos são adquiridas pela ingestão de comida e água contaminadas por micro-organismos, toxinas ou outros agentes
AgenciaMinas

Lydia Cintra
Segundo a Anvisa Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a lavagem dos alimentos apenas contribui para a que uma parte dos agrotóxicos seja retirada, mas não resolve o problema por completo.
A explicação está nos tipos de ação. Os chamados sistêmicos são absorvidos e circulam pelos tecidos vegetais – dessa forma, a distribuição é uniforme e o tempo de ação é maior. De acordo com a Empraba, a movimentação do produto dentro das plantas “permite agir em locais dificilmente alcançáveis pelos produtos de contato”. Este é o segundo tipo, quando o agrotóxico age externamente, por contato mesmo. Ainda assim, alguns podem entrar nos alimentos por meio de porosidades.

Uma boa lavagem remove parte dos resíduos que estão na superfície. Mas os que foram absorvidos continuam lá e são ingeridos junto com o morango, a maça, a cenoura, a beringela…

O que pode ser feito?

- Escolha alimentos certificados, cujos produtores se comprometam com boas práticas agrícolas;
- Procure saber a origem das verduras e frutas que você compra no supermercado;
- Quando possível, dê preferência às opções orgânicas, que não usam agrotóxicos, e escolha produtos “da época”, que não precisaram ser conservados por tanto tempo;
- Mesmo que o resultado não seja 100%, lave bem os alimentos.

De acordo com a Anvisa, não é comprovado que o uso de água sanitária na lavagem remove resíduos de agrotóxicos. A finalidade é matar agentes microbiológicos que podem estar presentes no alimento (essa higienização deve ser na proporção de uma colher de sopa de água sanitária para um litro de água).

Um comentário:

  1. O supra sumo das informações importantes e fundamentadas! Adorei e Recomendo!!!

    ResponderExcluir